7 de jun de 2017

FELICIDADE É UM ESTADO MENTAL

Se a pessoa estiver condicionada a ser feliz somente em momentos de prazer, então, será infeliz durante a maior parte do tempo. Porque felicidade é um estado mental de satisfação; prazer é um estado mental de euforia que só ocorre durante momentos de grande alegria; e assim, a pessoa se mantém bloqueado para a felicidade incondicional e perpétua.

O estado mental de satisfação deve ser mantido eternamente vibrante para que a felicidade seja infinita e incondicional.

O sucesso pessoal não carece da realização de metas, mas sim, da autorealização, que significa permanecer feliz independente da existência de projetos ou metas. Por isso, para quem mantém a mente em estado de satisfação incondicional fracassar em suas metas não interfere em seu estado mental de felicidade.

A frustração por um fracasso só pode infelicitar uma pessoa quando ela está condicionada a se satisfazer somente no final de uma meta alcançada com sucesso. Mas isso não é o pior, o pior é que ela já estava mantendo-se permanentemente em estado de insatisfação mental, bloqueada para a felicidade incondicional.

Mas como ser feliz sem estar condicionado?

Basta estar satisfeito com o resultado das coisas e situações, sejam eles perfeitos ou imperfeitos.

A insatisfação vem da educação que a maioria das pessoas aprende com as doutrinas familiares, religiosas e trabalhistas e, se perpetua na mente criativa em estado de confusão; insatisfeitas, elas lutam arduamente, desenvolvendo e finalizando metas e mais metas, mendigando migalhas de felicidade no fim de cada suposto sucesso, que na verdade é o pior tipo de fracasso que existe; fracassar como ser humano, ao se tornar uma ferramenta de sacrifício.

Para ser feliz incondicionalmente é necessário cuidar prioritariamente de si mesmo começando por sua aparência e cuidados pessoais e, aceitando-se cada vez mais, até conseguir desenvolver seu amor próprio.

Quando você desacelerar o ritmo dos afazeres para se autocontemplar a felicidade lhe alcançará e, a partir daí, o estado de satisfação germinará e crescerá saudável dentro de si.

As metas estimulam o entusiasmo, mas se elas estiverem condicionadas ao estado de euforia contemplativa pelo prazer do sucesso serviçal tornam-se hostis à felicidade completa.

Uma pessoa pode comprometer-se com tudo, menos com a satisfação; ou pode se comprometer com a satisfação, negando-se a preocupar-se com quaisquer compromissos; não é possível estar satisfeito e preocupado ao mesmo tempo. Só se pode estar feliz ou preocupado, porque a felicidade é também ausência de preocupação.

É por isso que todas as vezes que as pessoas mudam de ambiente profissional elas se sentem felizes, ao serem apresentadas às novas atividades, elas não percebem de imediato os compromissos e as responsabilidades, simplesmente contemplam a nova faze. Mais isso dura pouco, ou, até que as preocupações com as novas responsabilidades às aprisiona novamente ao compromisso profissional metódico.


Não é errado ser compromissado quando esse compromisso não se sobrepõe à felicidade.


Clique aqui e CONHEÇA A OBRA QUE PODE MUDAR A FORMA DE VOCÊ FAZER AS COISAS, PARA LEVAR UMA VIDA MAIS FELIZ E SAUDÁVEL, TRABALHANDO MENOS E PROSPERANDO MAIS 


Nenhum comentário:

Postar um comentário